Google e Peru Lançarão Satélites ao Espaço Este Mês


O lançador Vega da Arianespace já pode ser operado a partir do porto espacial na Guiana Francesa, o mesmo já está totalmente montado, tendo sido "coroado" com sua carga de multi-satélite para observação da Terra.
Designado como vôo VV07 no sistema de numeração da família de lançadores da Arianespace, a missão do dia 15 de setembro 2016, envolverá uma trajetória elíptica a órbita baixa da Terra onde Vega vai implantar um conjunto de satélites, o satélite Terra Bella e o PerúSAT-1. Este é o sétimo lançamento de 2016 da Arianespace

Os Satélites

Terra Bella: Anteriormente chamado de Skybox Imaging (proveniente de uma subsidiária do Google) é um satélite de alta resolução para observação da Terra por imagens e serviços de vídeo e análise. 
A meta da empresa é ser capaz de fornecer imagens de satélite de alta resolução de qualquer lugar na Terra várias vezes por dia. Terra Bella tem planos para "mudar a natureza" da indústria de satélites através da construção de satélites que custam menos de U$ 50 milhões.

PerúSAT-1: Desenvolvido e construído pela europeia Airbus Defence and Space para a Agência Espacial do Peru (CONIDA) é o primeiro satélite de observação do Peru, o PerúSAT-1 foi construído em torno de uma plataforma AstroBus-S, compacta e altamente flexível. Contará com um sensor ótico com resolução de 70 centímetros, a mais avançada da América Latina. O modelo, que terá massa próxima de 400 kg e será posicionado a 694 km de altitude, foi construído em menos de dois anos, e produzirá dados para gestão de áreas terrestres, controle de fronteiras e combate ao tráfico de drogas. Suas imagens poderão também ser utilizadas para apoio e gestão de missões humanitárias e em casos de desastres naturais, como enchentes, incêndios florestais, deslizamentos e erosões.

O programa do PerúSAT-1 inclui ainda a construção do Centro Nacional de Operaciones de Imágenes Satelitales del Perú (CNOIS), que abrigará o segmento terrestre de controle, recepção e processamento dos dados do satélite, um amplo pacote de absorção tecnológica por meio do treinamento de engenheiros e técnicos peruanos, além do fornecimento de imagens geradas por satélites óticos e radares da constelação própria da Airbus Defence and Space.



FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO NO 
FACEBOOK! 




Nenhum comentário

Direitos reservados ao AZ Maniac. Tecnologia do Blogger.