Emissoras Adaptam Conteúdo Para Ganhar Público da TV Móvel



Pouco mais de um quarto (26%) dos internautas brasileiros já assistem TV pelo smartphone, média semelhante à do continente americano (24%) de acordo com pesquisa do Conecta, plataforma web do Ibope Inteligência. Cientes de que a telinha dos celulares e as telonas das TVs são complementares - ao invés de concorrentes -, e de que esse mercado segue crescendo, empresas de telefonia móvel e emissoras de televisão investem para produzir conteúdo adaptado às plataformas.

"Os meios devem conversar entre si estimulando o consumidor a encontrar conteúdos de seu interesse", comenta Laure Castelnau, diretora-executiva do Conecta. No Brasil, 88% dos internautas navegam na web enquanto assistem televisão e 81% já ligaram o aparelho de TV depois de ver algum comentário na internet. A recíproca também é verdadeira: quase todos (96%) já procuraram on-line algo que viram na telona.

A Vivo investiu US$ 40 milhões e lançou, em parceria com a francesa Vivendi, o aplicativo Studio+, com 238 vídeos curtos (em geral, séries de 10 episódios com duração de 10 minutos cada) produzidos e roteirizados para smartphones. O app pode ser consumido mediante assinatura mensal ou semanal para clientes da operadora, que custam R$ 13 e R$ 4, respectivamente. "O Studio+ faz parte da estratégia de transformação da Vivo em empresa digital", diz Ricardo Sanfelice, vice-presidente de estratégia digital e inovação. "Ele traz valor para uma geração que tem pouco tempo, está sempre em deslocamento e busca entretenimento de qualidade."


Uma rede de dados de ponta é prioridade da Claro para atrair consumidores de televisão móvel. "Para oferecer material relevante é preciso, primeiro, investir na qualidade da rede de internet para transmissão de alta velocidade", afirma Rodrigo Vidigal, diretor de marketing da América Móvil Brasil. Nos últimos três anos, a América Móvil (da qual também fazem parte Embratel e NET) investiu R$ 30 bilhões no país, a maior parte em infraestrutura para rede móvel. No aplicativo Claro Vídeo (acessível para usuários de todas as operadoras por R$ 19,90 mensais) estão disponíveis mais de 20 mil títulos. Atualmente, 20% dos dados móveis gastos pelos clientes da Claro são para consumo de vídeos.



FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO NO 
FACEBOOK! 




Nenhum comentário

Direitos reservados ao AZ Maniac. Tecnologia do Blogger.