Header AD


ANATEL REGISTRA QUEDA DE 7,4% NAS RECLAMAÇÕES DE TELECOM EM NOVEMBRO




As 310,4 mil reclamações registradas em novembro deste ano por consumidores de serviços de telefonia móvel, banda larga fixa, TV por assinatura e telefonia fixa na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)  representaram uma queda de 7,4% em relação ao no mesmo mês do ano passado, diminuição de 25 mil reclamações. Entre janeiro e novembro deste ano, o volume de reclamações registradas na Agência atingiu 3,61 milhões, queda de 3,7% em relação ao mesmo período de 2015, redução de 139,9 mil queixas.

Reclamações registradas na Anatel (mil)

2016
2015
2016 / 2015
jan
353,1
203,3
73,7%
fev
346,0
259,3
33,4%
mar
385,5
380,0
1,5%
abr
323,2
344,4
-6,2%
mai
315,9
363,1
-13,0%
jun
322,2
368,6
-12,6%
jul
316,3
411,9
-23,2%
ago
346,1
378,4
-8,5%
set
300,1
364,0
-17,6%
out
294,4
344,7
-14,6%
nov
310,4
335,4
-7,4%
jan-nov
3.613,2
 3.753,1
-3,7%


Novembro de 2016 apresentou redução de 1,9% no volume de reclamações na  telefonia móvel em comparação com o mesmo mês de 2015, menos 2,92 mil reclamações. Do total das reclamações recebidas de janeiro a novembro, houve um aumento de 2,9% nas reclamações relativas à telefonia móvel ,47,81 mil queixas a mais.

Os outros serviços de telecomunicações acompanhados pela Anatel registraram queda. A maior diminuição ocorreu na TV por assinatura com queda de 11,8%, 63,54 mil reclamações a menos de janeiro a novembro; seguida pela banda larga fixa com redução de 8,5%, menos 49,92 mil queixas; e telefonia fixa que apresentou queda de 8,2% nas reclamações, 78,14 mil registros a menos que no ano passado.

A telefonia móvel responde por quase metade das reclamações recebidas nos canais de atendimento da agência reguladora, seguida pela telefonia fixa, banda larga fixa e TV por assinatura.

Distribuição das reclamações por serviço de janeiro a novembro


2016
2015
Telefonia Móvel
47,31%
44,27%
Telefonia Fixa
24,21%
25,39%
Banda Larga Fixa
14,84%
15,62%
TV por Assinatura
13,12%
14,33%
Outros
0,53%
0,40%


UFs – De janeiro a novembro de 2016, as maiores taxas de crescimento percentual nas reclamações referentes às prestadoras de telefonia móvel, banda larga fixa, TV por assinatura e telefonia fixa, em relação ao mesmo período do ano passado, foram registradas nos estados do Piauí com 28,7%, 4,4 mil reclamações a mais; Pará com 8,2%, aumento de 4,2 mil queixas; e Minas Gerais com 5,6%, 26,8 mil reclamações a mais.

As unidades da federação que apresentaram as maiores reduções nas queixas dos serviços foram Rio de Janeiro e Bahia, menos 12,7%, redução de 85,3 mil e 34,2 mil reclamações respectivamente. Paraná apresentou redução de 12,0%, queda 21,6 mil reclamações e Mato Grosso do Sul teve menos 11,1%, diminuição de 3 mil queixas.

Reclamações Registradas na Anatel (mil)
(Janeiro a Novembro)

2016
2015
2016/2015
AC
2,4
2,3
2,8%
AL
14,9
14,7
1,3%
AM
23,0
23,5
-2,3%
AP
2,6
2,9
-9,2%
BA
235,1
269,3
-12,7%
CE
89,7
93,0
-3,6%
DF
72,6
70,0
3,6%
ES
53,7
58,7
-8,5%
GO
119,0
118,1
0,8%
MA
32,2
35,1
-8,3%
MG
503,3
476,5
5,6%
MS
24,1
27,1
-11,1%
MT
25,2
24,8
1,8%
PA
55,4
51,2
8,2%
PB
28,0
26,6
5,3%
PE
102,1
105,4
-3,2%
PI
19,7
15,3
28,7%
PR
157,9
179,5
-12,0%
RJ
588,7
674,1
-12,7%
RN
21,1
22,3
-5,2%
RO
8,6
8,4
1,9%
RR
2,9
3,0
-4,2%
RS
179,6
196,0
-8,4%
SC
94,4
94,9
-0,5%
SE
27,6
28,6
-3,4%
SP
1.076,2
 1.103,2
-2,5%
TO
7,0
6,8
2,2%
UF Não Declarada
46,1
21,6
113,8%
Total Geral
3.613,2
 3.753,2
-3,7%

Empresas – Na telefonia móvel, a Tim apresentou maior aumento relativo nas reclamações, crescimento de 18,2%, de janeiro a novembro de 2016 em comparação com o mesmo período do ano passado, seguida pela Vivo com 4,9%. As demais operadoras apresentaram redução: Oi menos 5,7%, Claro menos 4,0% e Nextel menos 5,5%.

Na TV por assinatura, as reclamações contra a Sky caíram 33,1% e as queixas relativas à Vivo registraram redução de 16,6%. Nas outras prestadoras, houve aumento: de 15,1% no Grupo NET/Claro e de 7,8% na Oi. Na banda larga fixa, a Vivo apresentou queda de 7,7% nas reclamações; no caso da Oi, a variação foi de menos 14,7% e na Net/Claro, a redução foi de 27,5%. Na telefonia fixa, a Net/Claro reduziu em 18,2% as reclamações, seguida pela Oi com menos 9,6% e pela Vivo, que registrou diminuição de 2,4%.


A Anatel registra reclamações de todas as prestadoras de telecomunicações, mas os números de reclamações por grupos econômicos divulgados pela Agência englobam aqueles com mais de 50 mil assinantes.






ANATEL REGISTRA QUEDA DE 7,4% NAS RECLAMAÇÕES DE TELECOM EM NOVEMBRO ANATEL REGISTRA QUEDA DE 7,4% NAS RECLAMAÇÕES DE TELECOM EM NOVEMBRO Reviewed by Dika on 12/23/2016 12:47:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário